InCuca participa de monitoramento no 1º Hackathon Celesc 2017

Por 12 de setembro de 2017Notícias

A 1ª edição do Hackathon Celesc contou com a participação do Diretor da InCuca, Lucas Adiers Stefanello, como mentor de tecnologia, que mobilizou equipes de programadores, analistas de sistemas, estudantes de engenharia, computação e design em uma maratona de desenvolvimento de mais de 60 horas realizada entre 1º e 3 de setembro, na sede da Celesc, em Florianópolis.

Com o Hackathon, a Celesc busca soluções inovadoras para as áreas de Relacionamento com Clientes e Gestão de Perdas Financeiras e Não Técnicas, o objetivo foi de criar soluções viáveis para problemas de relacionamento com clientes, gestão de inadimplência e furto de energia.

Os mentores foram divididos em quatro áreas de Conhecimento: Técnicos (na área de Energia, no caso), Negócios, Tecnologia e Design. Cada um, dentro de sua especialidade, apoiou os participantes, fazendo questionamentos, tirando dúvidas, trocando experiências e acompanhando o participante na melhoria das soluções concebidas.

“O evento está de parabéns pela qualidade do espaço e o alto nível da rede de mentores e organizadores, como o Via Estação do Conhecimento da UFSC, onde as equipes conseguiram em pouco tempo propor soluções inovadoras para problemas complexos da Celesc”, comenta Lucas Adiers Stefanello, Diretor da InCuca.

A organização da maratona de desenvolvimento tecnológico, conhecida como Hackathon, contou com Alexandre de Souza, da Neuron Consultoria  que foi facilitador do evento, e Clarissa Stefani Teixeira, professora do Departamento de Gestão do Conhecimento da UFSC e coordenadora da VIA Estação Conhecimento.

Assim, foram disponibilizadas 70 vagas para os interessados e formadas as equipes de maratonistas, que puderam contar com uma organizada estrutura com barracas de acampamento, lounge para descanso, área de jogos e recreação, ginástica laboral, banheiros com chuveiros e atrações como show de rock e food trucks durante a madrugada.

A equipe ODIN conquistou o primeiro lugar e apresentou uma ferramenta para apontar as ações de cobrança necessárias para diferentes perfis de clientes a partir do histórico da companhia. Esta equipe vencedora foi premiada com uma viagem para Colômbia para conhecer projetos e soluções inovadoras.

Em segundo lugar a equipe FiveVoltz apresentou um Chatbot, um sistema automatizado de atendimento ao cliente, para estimular o uso de plataformas digitais. Esta equipe foi premiada com smartphones.

Na terceira posição, premiada com vale-compras, a equipe Meca Solutions  desenvolveu o WAT, uma inteligência artificial capaz de cruzar dados georreferenciados com o perfil de consumo e identificar fraudes, aumentando a eficiência da fiscalização e reduzindo a reincidência com o uso de dados.

Os três projetos selecionados serão pré-incubados no Cocreation Lab, do Centro Sapiens, e terão a oportunidade de serem desenvolvidos.

Mais informações sobre o evento estão disponíveis em www.celesc.com.br/hackathon2017.