/ Evolução, Suporte & Manutenção

5 gastos que você evita quando insere soluções digitais no seu negócio

Toda empresa quer diminuir os seus gastos e age buscando alternativas para fazer isso. Você já pensou na quantidade de gastos que podem ser evitados inserindo soluções digitais no seu negócio?

Grande parte das empresas, hoje, está inserida no ambiente virtual, que acaba sendo responsável por diminuir os problemas, aumentar os resultados e diminuir alguns gastos que teria se não estivesse aplicando tais soluções.

Então, confira algumas dessas soluções que podem gerar economia para o seu negócio!

1 – Manutenção e segurança de sites

Muitas empresas acabam deixando de lado o seu site após o lançamento. Parece ser fácil deixá-lo lá, funcionando sozinho, sem manutenção ou qualquer forma de controle.

A longo prazo, esta é uma decisão que pode trazer prejuízos financeiros para sua empresa, sendo assim, a suposta economia inicial acaba se perdendo.

A manutenção dos sites é uma válvula de controle que evita inúmeros gastos. Realizá-la corretamente é essencial não só para o funcionamento dele, mas para melhorar a experiência do próprio usuário e gerar mais crescimento para a empresa.

A manutenção de um site, se for realizada corretamente, não apenas mantém a plataforma em funcionamento, mas multiplica as possibilidades de expansão da empresa.

Por exemplo, imagine que uma empresa de rolamentos cria um site e delimita suas páginas e funcionalidades.

Conforme ela for crescendo em seu segmento, ela poderá compartilhar com a sua audiência as novidades de mercado que forem sendo adicionadas à empresa, e assim, gerenciando os conteúdos de forma cada vez mais aprimorada.

Imagine que tal empresa passe a vender um novo tipo de mancal de rolamento. Com a manutenção contínua do site, ela poderá adicionar uma página específica para este novo produto e revisar os conteúdos já publicados acerca dele.

Mas ainda assim, a manutenção de um site pode parecer uma etapa a ser deixada de lado quando uma empresa olha para seu orçamento.

Pense numa casa que foi abandonada. A grama não foi mais cortada, a pintura há anos não é retocada. Sujeira por todo o lado, encanamento falhando.

O custo para que essa casa seja limpa e novamente volte a ser habitada é muito maior do que se ela fosse constantemente cuidada, não é mesmo? Com os sites é a mesma coisa.

Não é bom simplesmente deixar o site rodar por conta própria, porque os problemas que surgem a longo prazo são bem mais caros do que problemas pontuais de manutenção.

Esse tipo de manutenção evita gastos maiores com o site num período de tempo menor, ou seja, você não terá dores de cabeça frequentes com essa situação.

Deixar de realizar a manutenção periódica de seu site acaba, a longo prazo, fazendo com que sejam necessárias correções complicadas e que podem deixar o seu site inativo por um longo tempo, o que acaba gerando uma fuga de clientes.

A manutenção correta e periódica dos sites:

  • Diminui a possibilidade de problemas de alto custo;
  • Otimiza o seu mecanismo de pesquisa;
  • Deixa seu site atualizado das novidades;
  • Potencializa a quantidade de visitantes.

2 – SEO (Otimização de Mecanismos de Busca)

Toda empresa quer aparecer no topo da lista nos sites de busca, afinal, a maior parte dos usuários não passa da primeira página para encontrar aquilo que precisa.

SEO (Search Engine Optimization ou otimização para mecanismos de busca) é uma série de técnicas aplicadas em um site para aumentar a sua visibilidade nesses plataformas de busca.

Não basta apenas ter um site da sua empresa e realizar a manutenção periódica, é necessário que as pessoas o visitem para que a empresa venda e cresça.

Os sites de busca são de onde mais frequentemente vem a audiência para qualquer site, e por isso é extremamente importante estar bem colocado na página de resultados desses mecanismos.

Para isso, não é necessário apenas ter um bom conteúdo no seu site, mas também ter alguns requisitos como uma usabilidade eficiente e proporcionar uma boa leitura dos mecanismos de busca.

Se alguém pesquisa por solda fria, provavelmente estarão mais bem posicionados os sites que melhor desenvolvem essas estratégias.

Estando bem colocado nos mecanismos de busca, você evita custos com outras áreas do marketing que acabam sendo suplementadas por essa boa posição.

3 – Monitoramento de resultados

O monitoramento de resultados é uma prática essencial para que se possa enxergar o desempenho da sua empresa.

A partir disso, é possível reorientar metas, revisar os planos inicialmente desenvolvidos pela empresa para estabelecer uma nova rota e alcançar os objetivos inicialmente previstos.

É necessário que esse monitoramento seja feito de maneira periódica, para que esse processo seja acompanhado de perto e suas mudanças possam ser percebidas em pouco tempo.

Com isso, sua empresa pode não só identificar problemas em seus negócios como perceber oportunidades que surjam no seu segmento de mercado.

No caso de uma empresa de escova de aço, ela pode, analisando os resultados, chegar aos dados de quais são os dias e horários de maior tráfego, reconhecendo qual é o tipo de conteúdo mais adequado ao seu público e as temáticas que geram mais engajamento.

Além disso, é possível definir qual o perfil da sua audiência, entendendo qual o seu real cliente na internet.

Monitorando os dados você evita gastos em marketing e estratégias que podem se mostrar equivocadas, caso não tivesse conhecimento de tais informações através do monitoramento.

4 – Design

O design é um dos pontos principais quando se fala em solução digital. Através dele é possível fazer a estética ser aliada à funcionalidade. Com o design é possível, por exemplo, gerar soluções que sejam mais seguras e visualmente mais bonitas.

O design é um processo que visa encontrar soluções que atendam às características essenciais de um produto, as principais demandas do cliente e também da própria empresa.

Todos os pontos citados devem ser trabalhados de forma sintonizada com as necessidades e oportunidades existentes no mercado. Então, ele está presente em todas as áreas de uma empresa.

Do desenvolvimento de um compressor para ar condicionado até a apresentação do produto ao cliente, o design é um dos principais fatores que influenciam no sucesso de uma empresa.

Na criação de um site, por exemplo, a parte visual requer soluções de design que unam inteligência e beleza para proporcionar ao usuário uma boa experiência.

Com o processo do design, você acaba buscando soluções para satisfazer a necessidade da sua audiência e agregar valor aos seus produtos. E isso pode se dar de diversas maneiras.

Na área da comunicação, pode ser feito um planejamento e uma série de atividades para estabelecer uma boa ponte com seu público-alvo, evitando gastar dinheiro com estratégias que não foquem nos seus clientes.

Para além do digital, o design pode ser pensado de maneira funcional, no ambiente da empresa por exemplo, evitando custos maiores com o espaço onde ela se instala.

Se você tem uma caldeiraria industrial, ela pode ser organizada de modo a priorizar tanto a segurança dos trabalhadores quanto a funcionalidade das máquinas.

5 – Experiência do usuário

Os seus clientes passam muito tempo no ambiente digital. Então, eles buscam cada vez mais maneiras simples e menos difíceis de realizar aquilo que precisam fazer no ambiente online.

Cada vez mais as marcas e empresas se preocupam em oferecer uma experiência de navegação em seus sites e blogs que seja agradável e fluida.

A experiência do usuário se refere às interações que um público tem com determinada empresa. Com a ida das empresas para o ambiente virtual, essa experiência acaba sendo focada em sites, blogs e aplicativos.

O que isso significa para as empresas? Bom, que elas têm de se adaptar ao mundo digital de forma coerente e hábil para orientar sua presença no ambiente digital, de acordo com o comportamento da sua audiência.

Um dos pontos essenciais para o usuário é a primeira impressão. Quando um consumidor pensa em container comprar, por exemplo, ele será cativado por uma plataforma que tenha uma apresentação visual mais atraente.

Além disso, a acessibilidade e a funcionalidade devem estar presentes. Não adianta um site ser visualmente bonito, mas não ser funcional e intuitivo.

Quando uma empresa oferece uma experiência sólida, que faz com que o usuário seja correspondido em suas expectativas, isso o torna mais suscetível a permanecer como seu público e interagir com o seu negócio.

Se o usuário tiver uma boa experiência, isso pode vir a se tornar uma oportunidade de venda.

Observar esse quesito acaba fortalecendo a fidelidade que o público tem com a marca, o que se traduz em crescimento e o posicionamento da empresa no mercado de forma sustentável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Receba nossos conteúdos

Deixe seu e-mail abaixo e receba conteúdos relevantes gratuitamente

Lucas Adiers Stefanello

Escrito por

Lucas Adiers Stefanello

Diretor da InCuca, especialista em tecnologia para negócios: AI, data science e big data. Coordenador da comunidade WordPress Floripa.

WhatsApp

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp