Página inicial | Performance digital | Guia rápido: como alcançar a nota máxima no Google PageSpeed

Guia rápido: como alcançar a nota máxima no Google PageSpeed

A experiência do usuário é o ponto de partida para um site com alta taxa de conversão. Vários fatores são levados em conta para que o consumidor continue navegando em sua página e, um deles, a boa velocidade, pode ser alcançado com a ajuda do Google PageSpeed.

Além disso, praticidade e rapidez são dois requisitos importantes para o Google. Por isso, um site lento, que sobrecarrega o dispositivo do usuário, tem grandes chances de apresentar altas taxas de abandono. 

Resumidamente, a velocidade de um site prejudica o SEO e a conversão, tudo o que uma empresa não precisa em seu negócio virtual. A boa notícia é que existe uma plataforma que auxilia na verificação e melhora da velocidade de um site: o Google Pagespeed Insights.

Neste artigo, abordaremos seu conceito, funcionalidades e, principalmente, o que você precisa fazer para alcançar a nota máxima. Continue a leitura! 

 

Como o Google PageSpeed funciona?

Antes de abordarmos o que é Google PageSpeed e como essa ferramenta funciona, precisamos entender alguns aspectos valorizados pelos mecanismos de busca. 

O algoritmo do Google passa, constantemente, por mudanças a fim de melhorar ainda mais a experiência do usuário.

Com base nisso, em 2021, o Google lançou uma iniciativa para avaliar aspectos importantes de um site, como velocidade, interatividade e estabilidade visual, chamada Core Web Vitals, que são métricas que fazem essa avaliação. 

Conheça cada uma delas: 

  • Largest Contentful Paint (LCP) - Está relacionada à performance do carregamento do site. Para proporcionar uma boa navegação, deve acontecer em até 2,5 segundos ao contar do início do carregamento;
  • First Input Delay (FID): Associada a interatividade, nesta métrica, para uma boa experiência, o FID deve ser de 100 milissegundos ou menos. 
  • Cumulative Layout Shift (CLS): Analisa a estabilidade visual. Para uma experiência agradável, o site deve obter um CLS de 0.1. ou menos.

Você pode fazer essas análises por meio do PageSpeed, que nada mais é que uma ferramenta online, intuitiva e gratuita do Google que tem a função de avaliar a rapidez do carregamento de um site. 

Conhecido também como PSI, o PageSpeed Insights ajuda a compreender o desempenho da página web, classificando em dispositivos móveis e desktop, e mostra o que está prejudicando sua velocidade, além de propor melhorias. 

Com base em duas principais análises, a ferramenta estabelece uma nota para o site, que vai de 0 a 100, considerando as boas práticas desenvolvidas pelo Google: 

  • Análise do tempo de carregamento e recursos que podem prejudicar sua velocidade, como plugins e scripts de código;
  • Comparação entre seu site com a média de tempo de carregamento de todas as páginas avaliadas.

Com isso, é disponibilizado um relatório simples e objetivo com informações importantes, como: 

  • Tempo de carregamento do seu site;
  • Média do tempo das páginas da web;
  • Nota da velocidade do site de acordo com as cores - verde, pontuação boa (90 ou mais), laranja, pontuação média (50 a 89) e vermelho, pontuação ruim (0 a 49);
  • Sugestões de melhorias. 

 

PageSpeed x Tempo de carregamento: entenda a diferença

Engana-se quem pensa que o PageSpeed se limita ao tempo de carregamento de um site. Com base nisso, muitas pessoas se confundem e acreditam que os dois termos são sinônimos. Para eliminar de vez essa confusão, nas próximas linhas você encontra um resumo do conceito de ambos. 

  • PageSpeed

Como já citado anteriormente, o PageSpeed é uma pontuação do Google, que oferece uma nota de até 100 tendo em vista a velocidade de uma página. A ferramenta Lighthouse é a responsável pela análise desses dados. 

Após a coleta, é feito um mapeamento para identificar em qual pontuação de desempenho aquela página se enquadra. Ou seja, por meio de uma análise de performance é fornecida uma nota, que sozinha não é uma métrica precisa do tempo de carregamento. 

Pontuações acima de 90 coloca um site entre os top 5% dos que possuem melhor desempenho.

  • Tempo de carregamento

É o tempo real que um site leva para carregar. Ou seja, determina o tempo, que pode ser em segundos ou milissegundos, desde que o usuário abre a página até o seu carregamento total. Esse dado, no entanto, não oferece insights sobre a causa e solução para os problemas de velocidade, diferente do PageSpeed.

 

Por que é importante se preocupar com a velocidade de carregamento do seu site?

A velocidade de carregamento de um site está totalmente atrelada a experiência do usuário. Quanto maior o tempo de espera, maiores as chances de uma pessoa abandonar a página, o que impacta diretamente o sucesso dos seus negócios. 

Confira os impactos de um site lento: 

 

Menos conversões 

A evasão de usuários do seu site contribui diretamente para menor taxa de conversão. Ou seja, com menos pessoas navegando, menor a quantidade de leads que chega para sua equipe comercial converter em clientes. 

Uma pesquisa realizada pela Kissimetrics mostrou que um atraso de apenas 1 segundo na resposta do site já é o suficiente para diminuir em 7% o número de conversões. O estudo ainda informou que o tempo de carregamento impacta no comportamento dos clientes.

 

Menos tráfego orgânico

Sabe quando um usuário visita seu site de forma natural, sem ajuda de uma campanha patrocinada? Trata-se do tráfego orgânico. Conquistar um público que chegue até sua página espontaneamente é trabalhoso. 

Além disso, um consumidor insatisfeito tem grandes chances de compartilhar com seus amigos e familiares uma experiência ruim. Fator que contribui expressivamente para a má reputação digital de uma marca.

 

Experiência do usuário ruim

Navegar de forma fluida por uma página melhora a experiência do usuário. Em contrapartida, um site lento, que demora para carregar imagens, textos e formulários, prejudica sua jornada de compra. O consumidor se sente desmotivado para avançar para a venda. 

De acordo com a Zendesk, um usuário insatisfeito relata sua experiência para cerca de 9 a 15 pessoas. Além disso, 13% falam sobre o ocorrido para mais de 20 pessoas. 

Resumidamente, o consumidor precisa encontrar o que precisa de maneira simplificada. Do contrário, ele desistirá da sua jornada com a marca.

 

Maior índice de abandono do carrinho de compras

A velocidade de um site pode levar um consumidor a desistir de uma compra que já estava, inclusive no carrinho, prestes a ser finalizada. Em busca de agilidade, o tempo de espera é prioridade para ele. 

 

Alcance a nota máxima (100/100) no Google PageSpeed em 5 passos

Como já falamos anteriormente, um site otimizado com altas taxas de conversão vai muito além de um design agradável e conteúdos de qualidade. A velocidade está totalmente atrelada a uma boa experiência do usuário. 

Identificar os problemas que podem afetar a velocidade do seu site web pode ser uma missão complexa. São vários os fatores que podem torná-lo mais lento: desde código inadequado, imagens até outros elementos grandes. 

De início, tudo isso pode parecer muito trabalhoso, pois não acontecerá do dia para a noite, o que você precisa ter em mente é que todo esse esforço é válido se deseja aumentar a conversão do seu site. 

Então, aqui vão 5 passos para você alcançar a tão sonhada nota 100 no Google PageSpeed:

 

Utilize menos código HTML

Código HTML ruim é um dos grandes vilões do seu site. Para uma boa pontuação no Google, dê uma atenção especial para esse fator. 

Comece encurtando seu código HTML, o que significa minimizar espaços, remover dados irrelevantes e duplicações. Um ponto positivo é que você não precisa ser nenhum expert em codificação. Para isso, o WordPress tem opções de plugins que facilitam essa tarefa. 

Para agilizar sua vida, temos a HTML Minify, ferramenta que ajuda a melhorar seu código HTML. 

 

Otimize as imagens do seu site

Elementos grandes e pesados vão tornar seu site mais demorado para carregar. Uma excelente tática para sanar esse empecilho é a compressão de imagens, isso te ajuda a reduzir 50% ou mais do seu tamanho original. 

Como o WordPress possui plugin, você pode utilizá-lo nessa missão de forma mais fácil e rápida. Experimente o WP Smush Image

 

Faça um bom uso do cache do navegador

Outro ponto importante que influencia positivamente a velocidade do seu site é o cache do navegador. Ele tem a função de “lembrar” informações, como rodapés e logotipos, quando um usuário navega em outras páginas do seu site.

Com isso, dispensa a necessidade de carregar novamente todos aqueles elementos que o tornam mais lento. Além disso, não é necessário ser um mestre no assunto. Existem ferramentas que simplificam esse trabalho. 

 

Implemente Accelerated Mobile Pages (AMP)

Estamos na era da transformação digital, em que a tecnologia está revolucionando as relações entre consumidores e empresas. O uso do smartphone tornou-se um dos meios mais usados para realizar compras no Brasil. 

De acordo com a AppAnnie, os brasileiros passaram cerca de 5,4 horas diárias no celular, em 2021. Esse dado coloca o Brasil entre os países que mais usam smartphones. Por isso, cada vez mais empresas investem em negócios digitais. 

Com a grande concorrência, uma experiência positiva no ambiente virtual é o grande diferencial de uma marca. 

AMP é uma plataforma que elimina conteúdos irrelevantes da sua página, fazendo com que ela carregue de forma quase instantânea em dispositivos móveis. Isso faz com que o usuário tenha uma experiência mais fluida. 

Seu principal diferencial é a pouca formatação, fator que auxilia no fácil carregamento. Além disso, atua com formato de fonte aberta. 

 

Elimine os recursos de bloqueio de renderização

Uma etapa complexa, porém importante, para agilizar o carregamento de um site, uma vez que exige habilidades técnicas. 

Para realizar esse procedimento, é preciso fazer a transferência do código JavaScript, desde o cabeçalho ao corpo, para o rodapé. Essa tarefa será mais fácil para quem utiliza o WordPress, com o auxílio de plugin.  

Você pode ter o site mais bonito visualmente, mas se ele não tiver outros atributos essenciais para uma boa experiência do usuário, todo seu trabalho será em vão. Uma página web rápida é um ponto importante para uma pessoa continuar navegando. 

Além das melhorias que já mencionamos, é necessário analisar o desempenho do seu site para entender o que precisa ser ajustado para torná-lo cada dia melhor. Pensando em te auxiliar, preparamos o Guia Completo: Como analisar a performance do seu site

Para ficar por dentro das tendências de segurança para sites e performance web, acompanhe nosso blog, que está cheio de materiais incríveis para você colocar em prática nas suas estratégias digitais! Acesse e confira.

CUC W.01 CTA RodapeEmail

CUC CTAs LP Orcamento LateralBlog7 passosCUC W.01 CTA LateralBlog

Veja como podemos ajudar a sua empresa a alavancar no digital!_

Lucas Adiers Stefanello
28 de outubro de 2022

Comentários

Você também pode gostar de ler

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram