Página inicial | Performance digital | 5 problemas de usabilidade que prejudicam seu site

5 problemas de usabilidade que prejudicam seu site

Seja para buscar informações ou realizar uma compra, o consumidor precisa encontrar tudo o que procura sem dificuldades. Do contrário, ele pode contatar outro web site. Neste contexto, problemas de usabilidade podem comprometer diretamente a geração de leads e aquisição de tráfego.

Não é exagero quando falamos que a experiência digital é fundamental e deve ser prioridade nas suas estratégias de marketing. Quer saber mais sobre esse assunto? Continue a leitura! 

 

Os problemas de usabilidade de um site podem interferir na experiência do cliente?

Para seu negócio digital ser referência, é muito importante que ele atenda às necessidades do consumidor, que está cada vez mais exigente. Portanto, é essencial que, ao navegar no seu site, ele encontre praticidade, rapidez e experiência positiva. 

Afinal, em um mercado competitivo, cada detalhe conta - e muito - para que um usuário escolha uma marca na hora da compra. Toda experiência que o consumidor faz pelos canais digitais é uma grande oportunidade de negócios. 

Uma pesquisa feita pela Zendesk mostrou que 74% dos usuários podem mudar de marca caso tenham dificuldade no processo de compra. 

Fator que impacta os resultados de uma empresa, pois: 

  • Prejudica a expansão da marca no mercado;
  • Reduz o faturamento da organização;
  • Aumenta os custos com anúncios patrocinados.

Durante a navegação pelo site, a pessoa considera cada experiência que contribui para sua jornada. Por exemplo, uma página que demora mais de 6 segundos para carregar gera sentimentos negativos no usuário. 

Em resumo, seu site deve ser útil e agradável para o lead. Pode parecer óbvio, mas muitas marcas sequer sabem os problemas de usabilidade que seu site tem.

Portanto, toda a estratégia deve ser pensada do ponto de vista do usuário, levando em conta:

  • Usabilidade dos canais de comunicação;
  • Eficiência do site;
  • Sensações que causam no usuário em toda interação com a empresa;
  • Qualidade do relacionamento entre marca e consumidor.

A chance de um consumidor que teve problemas durante a interação com a marca voltar a se relacionar com ela é pequena. 

A mesma pesquisa realizada pela Zendesk mostrou que organizações que investem na experiência do consumidor aumentam o faturamento 4-8% acima do mercado.

Mas você sabe a diferença de usabilidade e experiência do usuário? É sobre isso que vamos falar agora. Então, continue a leitura e elimine de vez suas dúvidas.

 

 Experiência ou usabilidade? Não tenha dúvidas!

Afinal, qual a diferença entre experiência e usabilidade? Muitas pessoas acreditam que esses dois conceitos são sinônimos. Apesar de muitos pontos em comum, trata-se de termos que possuem atributos distintos. Vamos acabar de vez com essa confusão.

  • Experiência corresponde às sensações proporcionadas no usuário quando ele contata uma marca. 

Ou seja, é o conjunto de elementos que juntos impactam a interação do usuário com o produto, que podem causar percepções positivas ou negativas.

Aproveite e venha expandir seus conhecimentos acerca da experiência digital no artigo especial sobre o assunto.

  • Usabilidade diz respeito aos problemas ou facilidades que uma pessoa pode encontrar ao interagir com uma marca pelos canais de comunicação. 

O Dicionário Online de Português define o termo como: “Facilidade com a qual um equipamento ou programa pode ser usado”.

Resumidamente, usabilidade pode ser definida como um processo que mensura a eficiência proporcionada em um objeto de análise, no caso, um site.

 

É possível fazer um teste de usabilidade para avaliar meu site?

Quando você resolve colocar um site no ar, deve estar atento ao quão eficiente é do ponto de vista do usuário. Assim, é possível identificar pontos de melhoria e construir um site que, realmente, traga resultados. 

Como já falamos, os consumidores procuram por agilidade, rapidez e eficiência em cada etapa de interação com a marca e você pode analisar as dificuldades que um usuário encontra no seu site por meio do teste de usabilidade.

Ah! O teste de usabilidade pode -aliás, deve - ser usado em todo o processo de desenvolvimento de um site, isso ajuda a trazer melhorias contínuas

Há vários tipos de testes de usabilidade que devem ser aplicados de acordo com suas necessidades. Em suma, o site é usado por um usuário, onde ele executa um conjunto de tarefas pré-determinadas. 

Com insights em mãos, o especialista consegue entender quais pontos exigem mais atenção e fazer os ajustes necessários. 

 

5 problemas de usabilidade que podem prejudicar seu site e atrapalhar as conversões

Nada pior que navegar em um site lento, onde você não consegue encontrar o produto/serviço que procura. Isso gera insatisfação na hora. 

Alguns pontos merecem atenção e não podem passar despercebidos, pois afetam em cheio a experiência do consumidor. Então, atente-se aos 5 problemas de usabilidade que podem prejudicar seu site e atrapalhar as conversões. 

 

1. Navegação do site 

Quando uma pessoa navega em um website, ela quer ter uma experiência agradável. Lentidão, produtos/serviços disponíveis de forma confusa e pop ups atrapalhando o acesso às páginas afetam o bom desempenho do site. 

Portanto, descubra como anda o processo de carregamento das suas páginas: faça isso pelo Google PageSpeed. Além disso, você pode facilitar a jornada de compra colocando os produtos/serviços em categorias bem definidas e filtros que tornam mais rápida a listagem. 

Tudo deve ser pensado de forma estratégica para facilitar o dia a dia do consumidor.

 

2. Design da página 

Não basta um site visualmente bonito. A função do design do layout é contribuir para a experiência do usuário, de modo a utilizar os diversos elementos de forma estratégica criando uma hierarquia visual agradável.

Para isso, uma boa paleta de cores deve ser usada, fontes legíveis, além de banners e outros elementos visuais que tornem o site mais atrativo.

 

3. Qualidade do conteúdo

Você já buscou informações em um site e encontrou dificuldades para acessá-las? Ou então foi bombardeado por informações irrelevantes que causam mais confusão?

Pois esses tipos de situações devem ser evitadas. Para isso, é preciso dispor as informações de forma sucinta e objetiva. 

Portanto, coloque as informações sobre o produto de maneira persuasiva e ressaltando os pontos mais importantes. Além disso, formas de pagamento, valor do frete, troca, reembolso e políticas de devolução devem estar descritas de maneira clara.

 

4. Interface pouco intuitiva

Um site com interface poluída, com diversos anúncios, checkout fora dos padrões de comportamento do consumidor e conteúdos desorganizados é o pesadelo de qualquer usuário. 

Isso porque atrapalha sua navegação. Portanto, invista em uma interface intuitiva, apresentando as soluções de forma amigável. 

 

5. Falta de responsividade

Nos últimos anos, aumentou expressivamente o número de pessoas que navegam na web por meio de celulares. Portanto, é preciso considerar todas as formas de interação que um consumidor pode fazer. 

Um site responsivo é aquele que funciona de forma correta e agradável em qualquer dispositivo: smartphones, tablets ou computadores. Ou seja, ele se adapta a todas as resoluções de tela. 

Viu só como a usabilidade é importante para tornar seu site campeão de tráfego? Além disso, é essencial estar atento a outros fatores que prejudicam a performance de suas páginas.

Saiba agora como fazer uma análise completa do desempenho de um site com o guia que disponibilizamos para você, sem custo algum. 

banner ebook guia completo como analisar a performance do seu site

CUC CTAs LP Orcamento LateralBlogCUC CTAs LP Projetos LateralCUC W.02 CTA LateralBlog

Veja como podemos ajudar a sua empresa a alavancar no digital!_

Lucas Adiers Stefanello
9 de dezembro de 2022

Comentários

Você também pode gostar de ler

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram